ARTIGOS DIVERSOS Washington Luiz

O Caminho para cura emocional

O Caminho para cura emocional

O caminho para cura emocional é menos árduo que se imagina. Neste texto você vai encontrar os passos necessários para você curar suas emoções e encontrar a paz espiritual.

A Cura das emoções traz paz, equilíbrio e saúde.

A cura das emoções traz esperança, fé e alívio.

O Caminho para cura emocional

Quem sofre acha que está sofrendo sozinho.

Quem sente uma dor pensa que a sua dor é a maior dor do mundo.

Sinto dizer, mas por maior que seja a sua dor não é só você que está sentindo.

Há sofrimento por toda parte em grau e intensidade diferentes.

E quando nos conscientizamos que não somos os maiores sofredores sentimos, digamos, até um certo tipo de alívio e aceitação.

O que eu quero dizer é que na vida não se deve negar o que se está sentindo, quer seja uma dor física ou emocional.

Então, se você é uma pessoa que tem sofrido tanto que não vê mais graça na vida e fica pelos cantos amargurado, infeliz e chorando com ou sem motivo essas dicas podem ajudar você:

Conheça o caminho para cura emocional

Para mudar a sua vida dê o primeiro passo!

Importante, não seja tão radical consigo mesmo.

Dê um passo de cada vez e observe as suas emoções. Se possível tenha um caderno para anotar diariamente como você se sente.

Vamos chamar de caderno das emoções.

Busque ajudar a si mesmo! Fique na frente do espelho e olhe para o seu reflexo.

O que você está vendo? Não quero que olhe em busca de beleza.

Observe o seu olhar no espelho. O que você vê nos seus olhos? Esperança, fé, sonhos, planos, dor, tristeza, mágoa, ódio, desejo de vingança, desejo de recomeçar a sua vida?

O olho fala. A maneira como você olha diz muito sobre suas emoções. Então, se você identifica emoções dolorosas anote no seu caderno sobre tudo que você enxergou.

O que eu sei fazer? O que faço que considero incrível?

Crie o caderno das emoções

Anote no caderno de emoções o seu talento, suas habilidades e como você se sente ao desempenhá-las.

O choro faz parte do processo de cura.

Não tem nada de errado em expor suas emoções dolorosas.

Quanto mais negamos mais sufocados nos sentimos.

Então, quando sentir vontade de chorar chore.

Em seguida, anote no seu caderno de emoções o motivo e a causa do seu choro.

E sempre que chorar anote no papel a razão principal.

Além disso, guarde as boas lembranças da sua vida e abandone as lembranças que te fazem chorar.

É difícil esquecer totalmente as situações que machucaram de alguma maneira.

Só que se começarmos a trabalhar a dor nos libertamos aos poucos, até que um dia só reste a cicatriz.

Entenda bem: A sua dor é a sua dor. Reconheça sua dor.

Admita para si mesmo que ela existe e que está fazendo você sofrer muito.

E pense no quanto seria maravilhoso não sentir mais essa dor.

Anote no caderno de emoções como seria a sua vida hoje se a dor das lembranças não fosse grande demais.

Acima de tudo, viva um dia de cada vez e faça uma coisa de cada vez!

Concentre-se no aqui e agora. O passado existe e tudo que aconteceu também.

Lembre-se que o passado só existe na sua mente e que apesar de insistir em visita-lo frequentemente é no aqui e agora que seu coração anseia por um novo recomeço e uma nova forma de viver suas emoções.

Sobre o autor | Website

O autor tem formação superior em direito. No entanto, seu objetivo neste blog é ajudar as pessoas encontrarem o equilíbrio necessário para o seu desenvolvimento pessoal. Para tanto pretende abordar temas que contribuam com o aprendizado espiritual e, principalmente, possam despertar em cada um valores de maior significado e importância e lhe desperte a consciência de que agora não é só tempo de ganhar, mas que também é tempo de sonhar, amar, agradecer e perdoar,

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!